14 fevereiro 2012

Devocional - Joel 2.12-13

Bom dia amados irmãos em Cristo!
Glória a Deus por mais um dia de trabalho, mais um dia de bençãos, mai um dia para meditar na palavra de Deus.
Hoje te convido a meditar comigo em Joel 2.12-13:

"Ainda assim, agora mesmo diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal."
 No antigo testamento, quando alguém desejava se humilhar diante do Senhor, rasgava as suas veste, se vestia de pano de saco, colocava a cabeça entre os joelhos e jogava pó de cinzas sobre a cabeça, orava ao Senhor em sinal de arrependimento. Porém, esse ritual começou a se tornar apenas uma prática entre o povo quando queriam apaziguar a ira do Senhor, não era mais um sinal de de arrependimento sincero. 

Neste texto o Senhor está chamando o povo a se humilhar diante Dele, com jejuns, choro e arrependimento, para que assim o Senhor mude a história de Israel. E o que Ele diz ao povo, e a nós todos hoje, é: EU QUERO SEU ARREPENDIMENTO SINCERO! RASGUE O SEU CORAÇÃO AO INVÉS DE RASGAR APENAS AS SUAS VESTES.

O arrependimento verdadeiro pode ser percebido em alguém que está envergonhado, que tem o seu coração contrito, o peito rasgado diante de Deus. Ele não ora pedindo perdão, apenas. Um coração arrependido chora, clama, se humilha.

O problema é que nos acostumamos com a Graça de Deus. Sabemos que Ele vai nos perdoar e vai continuar cuidado de nós. Sabemos que os Seus planos não vão mudar. É maravilhoso saber disso. Horrível é se apoiar nisso e não ter o coração contrito.

Há alguns dias eu estava ouvindo uma música em casa que falava a respeito de algo interessante e gostaria de compartilhar. Havia um homem na bíblia que havia se "acostumado" com a presença de Deus, e relaxou com as coisas santas do Senhor. Seu nome era Eli, o sacerdote. Ele estava sempre no templo, oferecia sacrifícios a Deus, via a glória de Deus e ouvia a sua voz. Mas isso começou a se tornar comum. Já fazia parte do seu dia a dia. Os seus filhos, que foram ensinados na casa de Deus, já havia se tornado sacerdotes corruptos, comiam partes dos animais que o povo trazia para sacrificar, se deitavam com as mulheres que serviam na porta do templo; e Eli não os repreendia. 
Então o Senhor levantou outro sacerdote, Samuel, que ainda era um menino. Ele começou a ouvir a voz de Deus e ser usado por Ele. E Eli perdeu o seu lugar de sacerdote, não ouvia mais a voz de Deus, morreu de gordo ao ouvir que a arca do Senhor havia sido tomada pelos filisteus. (E sucedeu que, fazendo ele menção da arca de Deus, Eli caiu da cadeira para trás, ao lado da porta, e quebrou-se-lhe o pescoço e morreu; porquanto o homem era velho e pesado; e tinha ele julgado Israel quarenta anos. 1 Sm 4:18)

Quando nos acostumamos com a glória de Deus, corremos o risco de não mais ouvir a Sua voz linda, não receber mais a revelação da sua palavra, não sentir mais o Seu Santo Espírito tocando nossos corações.

Não deixe seu coração se acostumar com os cultos, com os louvores, com a palavra de Deus.
Privilégio é ter a presença do Senhor todos os dias. Rasgue o seu coração diante de Deus!

Rebeca Oliveira


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Posts relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...